SV#35 – 50 Tons de Vinho

                                  Fabiana Knolseisen, 28/12/2017

Vinho disruptivo, de liquidificador, laranja, fermentação sequenciada, tanino de semente. Esses são alguns dos temas do programa de hoje que, no embalo do #SQN fala um pouco das nuances do mundo do vinho. Não é branco no preto, mas vários matizes de cinza… Certamente mais de 50 tons de cinza: são 50 tons de vinho!

spaço

Vamos conhecer esse produtor catarinense que vem surpreendendo com seus vinhos disruptivos – suas técnicas inovadoras que nos mostram que nada em vinho nunca é simples ou unidimensional. Para entender a proposta do Rogério Gomes na vinícola Quinta da Figueira, nos aprofundamos mais no tema da fermentação e das várias cepas de leveduras, falamos dos taninos das sementes – os vilões do vinho (será mesmo ?), do vin du garage e das diferenças entre os garagistas franceses e os atuais – brazucas ou não. Tá bem disruptivo!

spaço

****************************

Novidade: a Quinta da Figueira está oferecendo desconto de 25% nas compras de seus vinhos (ordem mínima R$350,00). Basta utilizar o código SIMPLESVINHO no checkout.

****************************

spaço

Vinhos comentados:

Istepô Cabernet Sauvignon 2017: o vinho “de liquidificador” eleito o melhor cabernet sauvignon do Guia Adega 2017/18

Altos Baita Merlot 2012: 14% álcool e uma impressão de ser mais maduro que seus 5 anos

Guarapuvu Laranja 2014: 12 meses de maceração com as cascas e sementes e premiação como Melhor Vinho Laranja pelo Guia Adega 2016/17

spaço

Créditos e Agradecimentos

  • Agradecimento especial ao Rogério Gomes, da Quinta da Figueira, pelas incansáveis explicações e atenção
  • Música by George Benson: Lately

spaço

  • Na abertura você ouviu, como sempre, Jane Monheit e Michael Bubblet: I won´t dance

 

 

 

Comente! Além de me motivar, me ajuda a melhorar nossa viagem pelo mundo do vinho.