Itália Com Um Twist Uruguaio Natureba

Simpatia uruguaia na recepção de Viñedo de los Vientos
Fabiana Knolseisen, 10/04/2017


Não fosse pela presença da uva tannat, poderia-se pensar por um momento que estamos na Itália. Pablo Fallabrino é um uruguaio que, como tantos descendentes de italianos no Uruguai e mundo afora, se dedica a produzir vinhos. Mas com um twist. Com vários twists! Uma das visitas mais didáticas e autênticas em que já estive, Viñedo de Los Vientos é decididamente um must go.

Por que visitar ? Vejamos:

  • O skate encostado no tanque de fermentação já te indica que essa é uma bodega diferente (não é decoração, o skate é utilizado pra transportas as caixas de uvas).
  • Fallabrino se orgulha e valoriza sua ascendência italiana, fazendo vinhos que são um tributo a essa herança: uvas italianas, nomes dos vinhos e um licor inspirado nos vinhos Marsala e nos Barolo Chinato. É de tannat, mas não parece. Experiemente beeeem gelado!
  • Até onde sabemos, aqui também você vai poder encontrar o único ripasso de Tannat do mundo!
  • Há tempos flertando com mínima intervenção e outras naturebices, um fungicida é a única adição aos vinhedos (o Uruguai é muito úmido e talvez seja impossível cultivar organicamente) e em 2016 saiu Anarkia – um tannat sem adição de sulfitos e fermentado com leveduras indígenas, eleito Revelação do Ano pelo Guia Descorchados 2017.

Conheça mais sobre o trabalho do Pablo no SV#18 – Supernatural.

Conheça sem sair do Brasil: vários dos vinhos estão disponíveis por aqui! Confira.

 

           

blabs

Simples Vinho Por Taça:

  • São 50km que você faz em 1h desde Montevidéu (mapa)
  • Pode ser uma parada estratégica na ida a Punta del Este, que fica a 1h20 da bodega.
  • Agende com a Mariana antes de ir: +598 9937 2723 (pode ser por whatsapp) ou info@vinedodelosvientos.com
  • Conheça mais da filosofia e história da bodega no website >>.

Comente! Além de me motivar, me ajuda a melhorar nossa viagem pelo mundo do vinho.